outubro 19, 2015

Gaiteiros Brasileiros - Brazilian Piper

Voce é daqueles que gostaria de ir para a Escócia ver homens de Kilt e apreciar o som daquele instrumento tão característico dos highlanders ? Agora voce não precisa nem sair do Brasil, temos nossos próprios gaiteiros e, eles são ótimos!


No final de semana que passou, no Parque do Ibirapuera em São Paulo, houve o 6° encontro Sul Americano das bandas de gaitas de foles. Eu fui lá ver, foi simplesmente lindo!
Foi a primeira vez que vi , ao vivo, uma apresentação como essa e, foi emocionante, os gaiteiros de foles juntamente com, a banda dos Fuzileiros Navais do Brasil e, percurssionistas da cultura Afro-Brasileira juntos. 
Estava previsto o encontro com gaiteiros de outros países como a Argentina e o Chile. 
Em disputa oficial, o Brazilian Piper é o atual campeão Sul Americano na modalidade, legal né ? =D

Eu já tinha visto alguns gaiteiros aqui em São Paulo, mas esses eram músicos que fazem parte da divulgação cultura da escola de Inglês Cultura Inglesa, e, em São Paulo tem também a  banda de gaiteiros chamada  Brasil Caledônia que, também esteve presente no Parque do Ibirapuera.
O que eu não sabia:  que no Brasil havia uma banda completa e tão competente como essa que vi no Ibirapuera - o nome deles - Brazilian Piper.


"Atualmente, o Brazilian Piper é a maior banda de gaiteiros de fole do estado do Rio de Janeiro, com 25 integrantes.
Ela nasceu da idéia do maestro J. Paulo, suboficial da reserva, que trabalhou na banda dos fuzileiros Navais durante 30 anos como músico gaiteiro, sendo 12 anos como solista de gaita de fole e tendo a Marinha do Brasil subsidiado parte de seus estudos sobre a gaita de fole no Reino Unido.
A primeira formação iniciou em 2002, por ocasião de uma turnê na região Sul do país, pela Banda Sinfônica Campesina Friburguense, onde foi solicitada a presença de músicos gaiteiros com o intuito de realizar uma homenagem aos imigrantes europeus.
Como os profissionais militares estavam tendo dificuldades em conciliar o serviço militar e as apresentações, o maestro teve a ideia de recrutar adolescentes que mostraram interesse em aprender o instrumento. Tendo em vista o benefício que traria a estes jovens o interesse pela música direcionando-os a cultura brasileira, o maestro J. Paulo teve a ideia de dar continuidade ao projeto social denominando-o Brazilian Piper – “Gaiteiros Brasileiros”.
De fato, aprender a tocar gaita de fole ainda é uma tarefa quase impossível para o brasileiro.
Não há curso superior específico para o instrumento no país, e a única forma de conseguir dar os primeiros sopros é procurar aulas particulares.
No caso do Brazilian Piper, a banda começou apenas com os ensinamentos caseiros do mestre J. Paulo. As aulas só eram possíveis porque o fuzileiro naval construía de forma artesanal as próprias gaitas: desde 2002, o maestro já confeccionou 25 gaitas de fole, que são usadas até hoje pela banda e por pessoas que adquiriram estes instrumentos através do maestro."
*Veja aqui no site oficial dos Brazilian Piper  outras informações.  



Veja algumas fotos que fiz e, o vídeo onde eles se apresentam oficialmente.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Não seja timído , deixa um recadinho ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails