janeiro 04, 2015

Torta Mil Folhas

Para começar o ano com classe!
Sim, como prometi vou colocar aqui o 'como fazer' e fotos de minha experiência culinária , que deu uma finalização de classe para nossa ceia de ano novo.
Uma coisa legal disso foi, que pela primeira vez, contei com a ajuda de meu namorado. Não nos preparativos da ceia, porque isso ele faz em qualquer dia, sempre !
Mas, ele fotografou enquanto eu preparava a sobremesa. Vou dizer que ele faz muita coisa, mas muita mesmo, só porque ele sabe que é importante para mim mas, ele nunca escondeu que acha bobagem esse negócio de ficar fotografando comida.
Então, outro dia eu argumentei com ele sobre isso: o que seria do livro de culinária sem a foto da comida?

Minha avó Italiana sempre dizia que, comida se começa a comer com os olhos.
O que faz total sentido para mim. Afinal, é realidade que tudo que agrada aos olhos , a boca quer provar.

Então, acho que ele mudou de ideia sobre isso ou, simplesmente mais uma vez, fez o que ele sabia que iria me agradar ... fotografou .
Um amor !

Então vamos lá.  Começamos pelo primeiro passo: já que eu não sou boba, comprei logo uma massa folhada pronta. Oras, não é porque eu gosto de fazer que, eu preciso ir lá plantar o grão de trigo !
Pecado nenhum em comprar massa pronta, o que vale mesmo é facilitar a vida. Nós combinamos até que, nossa ceia ia ser algo frugal , então tinhamos pães, queijos e frutas, um bom vinho espumante e, um pouco de aventura ( uma caipirinha, uma cerveja ... ) e, para fechar a noite, uma torta de massa folhada.


A torta mil folhas , apesar de 'classuda' é simples de fazer, desde que voce tenha algumas diretrizes. E,  vendida pronta, digo finalizada, costuma ser um produto caro.
Então, vamos aos ingredientes :

1 embalagem de massa folhada pronta
2 xícaras ( chá ) de leite
1/3 de xícara ( chá ) de açúcar
1/4 de xícara ( chá ) de amido de milho
3 gemas
1 colher (chá ) de essência de baunilha
1/2 lata de creme de leite
Açúcar de confeiteiro ( glaçúcar )

A massa deve ser assada , em forno pré aquecido à 220 °C por aproximadamente 25 minutos e, funciona assim:
Usando uma folha de papel manteiga, que deve ser untada com óleo, disponha a massa folhada laminada. Eu uso a folha de papel dobrada ao meio e, depois de untar com óleo dos dois lados, em um deles polvilho açúcar de confeiteiro , coloco a folha da massa aberta, com um garfo furo toda a superfície e, novamente polvilho açúcar de confeiteiro, dessa vez na superfície da massa e, finalizo cobrindo com a outra parte do papel manteiga. O segredo aqui é usar uma forma sobre a torta, fazendo um 'sanduíche' (igual a foto ) para  ela não crescer e, assar de um lado por 15 minutos e, depois virar a massa e assar por mais 10 minutos do outro lado. Esse tempo é suficiente para deixar a torta no ponto e, bem crocante.

Sei que a foto parece estranha mas, aqui tem uma forma virada para baixo, a massa e, por cima outra forma.

Enquanto isso, use os outros ingredientes para fazer um creme, quase um creme 'patissière' , para rechear as folhas de torta.
Leve uma panela ao fogo brando com o leite , açúcar e amido de milho. Mexendo para engrossar,  voce vai fazer um mingau, leva uns 5 minutos esse processo. Bater as gemas ligeiramente e acrescentar ao mingau, continue mexendo e deixe ferver e, misture a essência de baunilha. Retire do fogo, deixe esfriar, quando for utilizar na torta, misture o creme de leite.
Esse creme ,  por ser um quase patissière , não tem mesmo grande quantidade de açúcar. Nós brasileiros que temos o costume de exagerar no açúcar dos doces. E, como eu sou mesmo brasileira, eu usei , além desse creme, um pouco de doce de leite em minha torta. 
Porém, essa quantidade de creme é suficiente para fazer a torta mil folhas, não é preciso usar mais nada.

Vamos a montagem da torta agora, coisa simples e, basta um pouquinho de cuidado na hora de cortar a massa que, aliás é a coisa mais divertida da história toda. Voce não faz ideia do barulho CROCANTE que faz ao passar a faca, cuidadosamente, para separar em pedaços da mesma largura.
É lindo !


E, depois é só montar tudo, intercalando massa, creme e, no meu caso, doce de leite.
Usando uma travessa bonita para a apresentação, afinal a comida a gente começa comendo com os olhos, depois de montar a torta alternando as camadas, polvilhar tudo com açúcar de confeiteiro e ... Voilà !


Ai esta, simples e sofisticada .
Espero que voce faça, é deliciosa !




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Não seja timído , deixa um recadinho ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails