novembro 02, 2014

Encontro

Estivemos recentemente em um encontro realizado na chácara de nossa amiga, proprietária do canil e do espaço recreativo e hotel para cães Sambucan , no Embú das Artes, São Paulo.
Foi um dia bastante interessante, além de divertido. Levamos cães, petiscos humanos e caninos e, bebidas para um brunch.
Nesse primeiro encontro dos amigos do Sambucan, tivemos a oportunidade de encontrar velhos amigos e fazer novas amizades e, ainda ter o prazer de ver nossos animais soltos correndo pela grana e se divertindo muito num dia ensolarado de primavera.
Entre as novidades, tivemos a oportunidade de conhecer pessoas que dependem dos cães para enxergar. Sim, entre o grupo estavam dois deficientes visuais com novos cães guias em treinamento.


Sandra, nossa amiga, é especialista em treinamento de cães guias, já há bastante tempo e, seu trabalho é reconhecido, inclusive no exterior. Certa vez, foi convidada a fazer um curso em Londres, no centro de treinamento de cães guias e da polícia militar de lá ... que orgulho de minha amiga!

O dia não poderia ter sido mais proveitoso, as comidas estavam gostosas, as bebidas refrescantes, os cães nadaram na piscina e, amigos se abraçaram !



Tiramos até fotos de família ...


E, uma coisa muito diferente aconteceu naquele dia.
Nunca tinha antes conversado com um deficiente visual que tem um cão guia. Desta vez conversei com dois. Muito abertos à diálogo, logo estavam circulando por todos e, queriam conhecer principalmente os cães . Conhecer aqui se trata de, ver com as mãos, exatamente como eles estão fazendo na foto ai em baixo.


Saíram tateando todos que estavam no caminho e, quando chegaram as minhas pequenas corgis , ficaram muito curiosos. Visto que, o Welsh Corgi Pembroke é uma raça relativamente nova por aqui, muitos não conhecem.
Eles me pediram permissão para 'ver' minha cachorra e, claro eu deixei. Reparavam na anatomia dela comentando entre eles coisas como: as orelhas são pontudas e grandes !
OU: ela não tem rabinho ... e o outro diz: é, eu já procurei...  ( ahah,,  achei legal isso ) .

E, ai veio a pergunta: De que cor ela é?

Levei uma fração de segundos pensando em uma resposta para dar e, ao mesmo tempo pensando : e agora?
Juro que fiquei sem graça, porque na minha mente passou o óbvio, sem querer ofender, mas que diferença ia fazer a resposta? Será que eles saberiam ? Tudo muito rápido em minha mente e, acho que eles perceberam minha dúvida mas, quando respondi, ela é cor de laranja, os dois juntos repetiram quase cantando... 'ahh , cor de laranja ' ...rs

Gente, eu sei que tem pessoas que perdem a visão gradualmente, outros já nascem sem ela, enfim...
Mas, nunca me ocorreu como responder uma pergunta dessas para uma pessoa que não enxerga . Parece uma coisa não muito lógica e, eles me pegaram desprevenida !
Na dúvida, resolvi responder o que eu vejo, para mim,  elas são cor de laranja!



2 comentários:

  1. Oi, Cintia!
    Que encontro bacana!
    Participei uma vez de um encontro de Golden Retriever no Rio. Numa época que a raça não era tão comum e a diversão foi demais, tanto nossa por ver os nossos cães se divertindo, quanto dos cães, pelos mesmo motivos.
    Não conhecia os cães sambucan e já tinha visto fotos dos welsh corgi. São fofos!
    Eu demorei tanto para me decidir sobre o meu futuro companheirinho que ganhei um yorkshire. Ele é baguncento mas ao mesmo tempo obediente, não late e bastante inteligente. Pelo que leio por aí, acho que tive sorte!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah Luma , yorkshire é um terrier , assim como o Jack Russel que voce estava interessada antes. Eles são cães de 'desentocar' roedores , é para isso que a raça foi desenvolvida. Diferente no tamanho, eles dão menos canseira do que os outros terriers mas, ainda assim são serelepes ... rs, voce deu sorte mesmo! :P

      Excluir

Olá! Não seja timído , deixa um recadinho ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails