março 30, 2011

teu cheiro ...

A arte da elaboração do perfume nasceu no Egito transpondo os limites dos tempos e das pirâmides transformando- o em um acessório apreciado pelos ricos mortais, ao invés de ser privilégio unicamente dos deuses e dos mortos. Assim, os sacerdotes aos poucos transformaram seus templos em autênticos laboratórios de Perfumes Artesanais. Por volta de 2000 a.C., os primeiros clientes foram os faraós e os membros importantes da corte, logo, o uso do perfume se difundiu, trazendo um agradável toque de frescor ao clima quente e árido do Egito.
A necessidade de contar com essências refrescantes tornou-se tão fundamental que a primeira greve da história da humanidade foi protagonizada em 1330 a.C. pelos soldados do faraó Seti I, que pararam de fornecer unguentos aromáticos. Pouco depois (1300 a.C.), coube ao faraó Ramsés II enfrentar uma revolta de peões em Tebas, que estavam indignados com a escassez de rações, de comida e de unguentos.
Os egípcios cuidavam muito de sua higiene pessoal, tinham hábito de lavar-se ao acordar, e também antes e depois das principais refeições; além de água, usavam uma pasta de argila e cinzas, a suabu, que era uma espécie precursora do atual sabonete; a seguir, friccionavam o corpo com incenso perfumado.
O químico árabe, Al-Kindi (Alkindus), escreveu no século IX um livro sobre perfumes chamado Livro da Química de Perfumes e Destilados. Ele continha centenas de receitas de óleos de fragrâncias, salves, águas aromáticas e substitutos ou imitações para droga caras. O livro também descrevia cento e sete métodos e receitas para a perfumaria, inclusive alguns dos instrumentos usados na produção de perfumes ainda levam nomes árabe, como alambique, por exemplo.
O médico e o químico persas Muslim e Avicenna (também conhecido como Ibn Sina) introduziram o processo de extração de óleos de flores através da destilação, o processo mais comumente utilizado hoje em dia. Seus primeiros experimentos foram com as rosas. Até eles descobrirem perfumes líquidos, feitos de mistura de óleo e ervas ou pétalas amassadas que resultavam numa mistura forte. A água de rosas era mais delicada, e logo tornou-se popular. Ambos os ingredientes experimentais e a tecnologia da destilação influenciaram a perfumaria ocidental e desenvolvimentos científicos, principalmente na química.
A partir da Espanha foi introduzido em toda a Europa durante o Renascimento. Foi na França, a partir do século XIV, onde se cultivavam flores, que ocorreu o grande desenvolvimento da perfumaria, permanecendo desde então como o centro europeu de pesquisas e comércio de perfumes.
O perfume é uma mistura de óleos essenciais aromáticos, álcool e água, utilizado para proporcionar um agradável e duradouro aroma a diferentes objetos, principalmente, ao corpo humano.
Os óleos essenciais são obtidos por destilação de flores, plantas e ervas.
Essa é a origem do perfume , segundo wikipédia , mas o que me importa aqui é falar dos fixadores que, podem ser de dois tipos : produtos resinosos ou de origem animal.




Os fixadores que aglutinam as diversas fragrâncias incluem bálsamos, âmbar cinzento e secreções glandulares de civetas e cervos almiscarados. E, é ai que tudo se ' estraga ' , pelo menos para nós que não concordamos com a maneira que esses materiais são obtido.
O pior é que , particularmente eu entro em controvérsia nesse ponto, porque se por um lado eu sou usuária e não vivo sem meu perfuminho querido , por outro fico na dúvida de que tipo de fixador ele é composto. 
A única coisa que me alívia a consciencia nesse momento é saber que, atualmente são utilizados substitutos para os de origem animal que são feitos em laboratório, os sintéticos. Porque a retirada da matéria prima  original implica em morte e/ou sofrimento do animal , o que convenhamos nos nossos dias , compactuar com isso é barbárie !!

Os fixadores de origem animal são musk , civet e âmbar cinzento.

O musk por exemplo, é extraído de um veado macho de uma espécie encontrada no Nepal e Mongólia e, o animal deve morrer para se obter a matéria prima porque, o musk é na verdade, uma secreção glândular sexual e que é produzida no organismo do macho apenas na época de acasalamento da espécie.

O âmbar cinzento é uma secreção biliar encontrada em um animal chamado cachalote e, podemos imaginar o que os ' criadores ' fazem com o bicho para que ele produza bilís em excesso , não podemos?
Assim , como os exemplos da fabricação do  foie gras ( que pretendo falar sobre uma hora dessas ) e também como o exemplo das fazendas de criação de ursos que, são ordenhados cirurgicamente para obtenção de bílis para supostos fins 'medicinais'  .
A criação do cachalote é feita em cruel cativeiro , dando ao animal uma vida infeliz e dolorosa dentro de uma micro jaula até que a morte os separe !
Os animais são hiper alimentados o que não significa que recebem boa alimentação, o que importa aqui é a quantidade de produção biliar.

Esse pobre animal além de estar em cativeiro , sofre de maus tratos e doença de pele. Mas, quem se importa?



Civet é uma secreção da glândula perineal dos gatos almiscarados.
E, o civet ou gato almíscarado não é mais afortunado , assim como o cachalote , é criado em micro gaiolas , o que significa algo não muito maior do que seus próprios corpos , onde o bicho praticamente fica a vida toda em uma única posição , não há possibilidade de movimentação, nem exercícios, nem brincadeiras ...uma vida triste e sofrida. A matéria prima é colhida de forma extremamente dolorosa onde o perineo do animal é manipulado , muitas vezes com varas, para se extrair a secreção. Uma crueldade!


Graças a tecnologia e aos humanos que ainda tem um senso do que é ser um ser superior, temos os substitutos para os fixadores de origem animal que são feitos em laboratórios e, assim não há sofrimento nem maus tratos aos animais que, convenhamos não nasceram para suprir nossa necessidade de luxo e mimos!
Se voce é como eu que aprecia perfumes , procure consumir apenas os que tem base resinosa ou ainda os que usam fixadores fabricados em laboratórios. A boa notícia é que atualmente a maioria dos perfumes usam fixadores sintéticos ... amém !
Os animais agradecem !!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Não seja timído , deixa um recadinho ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails