julho 03, 2010

feira e fotos

Tinha falado para voces aqui , sobre a feira internacional de artesanato que acontece  em São Paulo nos primeiros dias de Julho.
Na  Mega Artesanal , minha irmã Aline Fumagalli conhecida como A. Venites  faria sua apresentação no stand da  Editora Online . Então ontem, no dia marcado , eu acompanhei a Aline até a feira e, aproveitei para tirar zilhões de fotos que quero compartilhar com voces.

Essa feira é super importante no calendáio do Artesão pois, lá tem de tudo ... desde infintas opções de materia prima até as mais novas técnicas de confecção da arte.
Haviam várias caravanas , que chegavam à todo momento, durante todo o período de realização da feira. Artesãos e curiosos de todo o País entupiam os corredores do local.
Tinha tanta coisa legal lá que é difícil eleger  favoritos.

Mas, eu consegui três que , para mim, são os " hors concour " da feira.
Primeira , é claro, tenho que eleger minha irmã durante a apresentação de seu trabalho ... ela é bem competente!



Demostrou lá alguns dos trabalhos que ela fez para o passo-a-passo da revista Faça Fácil. A mulherada na feira fica louca!
Aliás, a mulherada domina no mundo do artesanato. Poucos homens presentes e,  a maioria deles trabalham com peças maiores e maquinários.

Segundo, e eu fiquei maravilhada com as mil possibilidades , foi uma loja de sabonetes de um artesão chamado Peter Paiva  que trabalha com produtos que não são de comer mas que, deixa a gente seriamente em dúvida. Dê uma olhada nas fotos ,  são de dar água na boca e é tudo sabonete!


E, uma outra loja que entrei e quase esqueci de sair. A Scrap Sampa, montueiras de coisas para montar scrapbooking.
Para escolher os papéis e os adesivos que comprei fiquei, nada mais ... nada menos do que quase uma hora, de tanta coisa linda que vi! Para voce que gosta dessa arte, aconselho uma visitinha lá.

Tudo estava muito legal mas, achei que a feira não estava muito cheia, mas também jogo do Brasil no mesmo dia e uma situação que contríbuia para um feriado prolongado, até que tinha bastante publico.
Me diverti muito lá, me senti como estando no País das Maravilhas...

Só que como tudo na vida, a feira não teve só coisa boa, vou apontar agora as situações que eu achei ruim.

Hoje em dia, todo mundo MESMO carrega sua digital na bolsa(o) e, num lugar como esse onde voce sabe que vai ver tudo do que voce mais gosta, claro que dá para ficar maluca de tanto fotografar.
Mas, tinham alguns expositores que , de certa forma, não estavam muito contentes com o publico fotografando tudo. Vai ver tinham medo de serem copiados. O que é lamentável , se não quer ser copiado, não deveria expor.
E, tem mais um detalhe, eu faço e posso dizer, coisas feitas á mão não são exatamente copiadas, cada mão que executa um trabalho é única e o resultado final  é diferente , ou seja, voce pode copiar a ideia mas nunca ficará identico ao original.
Então , deixar fotografar faz parte do festa. Enquanto alguns reclamavam (e pelas minhas fotos voce poderá reparar que algumas foram tiradas do lado de fora e pelo vidro dos stands) outros eram só simpatia, veja novamente o exemplo de  Peter Paiva  que colocou essa placa aí do lado de fora do seu stand .


Outra coisa que tenho que apontar como sendo um erro foi no próprio stand da Online  que, deixavam as pessoas que se aproximavam do local da apresentação dos artesãos um tanto incomodadas forçando a situação de fazerem assinaturas das revistas.
Os caras são tão chatos tentando de todo jeito arrematar consumidores assinantes que, depois de alguns minutinhos a pessoa dava um jeitinho de sair de fininho.
Na minha opinião isso custou caro, pouca gente parando ali e por consequência, tirando a oportunidade do artesão que faz a revista mostrar seus trabalhos para um publico maior.
Nota zero para voces!

E, agora em destaque , a má educação de alguns contratados para trabalhar nos stands e, essa eu fiz questão de registrar até em foto.
Veja voce que, haviam algumas lojas onde somente o  lojista poderia comprar, então tinha um pessoal que ficava na porta verificando se a pessoa tinha crachá tal .
Quando eu tentei entrar numa dessas lojas, eu ainda não sabia disso.
E, foi justamente ai que a coisa pegou mau. A garota que estava na porta foi um tanto grosseira enquanto barrava minha entrada dizendo assim:
" Voce não pode entrar aqui não " .
Parecia que eu estava tentando invadir à força, esticou o braço na minha frente e faltou pouco para dar um empurrãozinho.
Fiquei sem graça , achava que era só avisar que era um local para lojista, não sou burra amiguinha!
Então aqui esta o nome da loja que não sabe contratar e da garota que não sabe trabalhar , se voce clicar na foto ela abre maior, daí aumenta o tamanho da falta de senso e preparação, confira!


É isso gente, foi bacana e, com certeza, uma experiência bem legal para minha irmã .
Quero agradecer sua visita aqui no bloguinho , se quiser ver mais fotos da feira é só visitar minha Galeria de Fotos , e veja quanta coisa linda!

;-)

Um comentário:

  1. Oi Flor.

    Faz tempo que eu nao entro no meu blog, vi seu recadinho hoje +D

    Pra mim tem sido dificil voltar a viver no Brasil, mas decidi que e' aqui que vou ficar, entao parei de reclamar e vou levando! rs

    Eu lembro que sua irma faz artesanato, mas nao tenho certeza se voce tambem faz... Faz? rs

    Eu estou planejando um baby, andei pesquisando algumas coisas e achei uma daquelas lembrancinhas que se da no cha de bebe ou quando a pessoa vvem visitar o bebe e tenho procurado quem possa fazer, nao pra agora pq ainda estou pesquisando o quanto vou gastar, pra depois poder encomendar o baby e o que mais precisar rsrsrs

    Se sua irma fizer, me da um "oi" via e-mail pra eu poder enviar a foto do presentinho, e assim combinarmos valores, quantidades e tal? Me da um oi mesmo que ela nao faca, assim nao fico esperando rsrs

    Um beijo e Amei a foto que permite tirar fotos! Concordo quando voce diz que se nao quer que tirem fotos, nao seja expositor!

    Um beijoooo

    ResponderExcluir

Olá! Não seja timído , deixa um recadinho ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails