janeiro 06, 2008

Fio dental e saúde bucal

Estava lendo uma matéria no Jornal que recebo do Conselho Federal de Odontalogia (Nov.Dez/2007), vejam só:
Aumenta o uso de fio dental no Rio de Janeiro, graças à iniciativa privada e a um público mais exigente.
Projeto de lei estadual torna obrigatório a oferta do fio dental em bares e restaurantes.
' Sabonetes e papel-toalha ganharam um novo companheiro nos lavabos de restaurantes e empresas: o fio dental.
Cada vez mais estabelecimentos oferecem o produto gratuitamente, através da instalação de uma aparelho dispensador.
Pouco maior que uma saboneteira, a maquininha tem corte automático e mantém o fio dental isolado do contato com o ambiente.
Aliado à escovação, o uso do fio dental é uma maneira eficiente de prevenir cáries, mau-hálito e uma série de problemas periodontais (doenças da gengiva).'
'Apesar de a cárie ser multifatorial, estudos comprovam que o fio dental é muito eficiente na sua prevenção.'
'A oferta gratuita de fio dental tem conquistado a simpatia de consumidores e empresários. '
'O primeiro aparelhinho foi instalado a aproximadamente quatro anos no restaurante Outback, em um shopping do Rio. E, desde então, tem rendido muitos elogios à direção da casa. Os clientes usam mesmo e ainda cobram quando o fio dental acaba, diz um funcionário.'
'outros estabelecimentos tem instalados os dispensadores e muitas empresas tem feito o mesmo para seus funcionários.'
Projeto de Lei
O reconhecimento da importãncia do uso de fio dental vem crescendo e, no Rio de Janeiro, a distribuição gratuita pode se tornar obrigatória.
O projeto de lei 768/20 propõe que todos os estabelecimentos onde haja consumo de alimentos sejam obrigados a fornecer, sem cobrar, fio dental a seus clientes.
'O uso do fio dental deve ser incentivado desde a infância, quando a criança começa a escovar seus dentes sozinha.
No adulto , o fio deve fazer parte de sua rotina , sempre acompanhado de escovação.'
'Mas, a lei só trará mudanças se houver uma fiscalização que assegure o seu cumprimento.
se o bom exemplo for seguido por outros estados , quem sabe este "fino" hábito de saúde bucal se cristaliza na vida do Brasileiro.'
A história do fio dental
Durante a história, os seres humanos sempre lançaram mão da criatividade para remover pedaços de comida entre os dentes.
O desenvolvimento de um fio com esse propósito específico só veio em 1815, com o cirurgião-dentista norte americano Levi Spear Parmly.
Ele passou a recomendar que os pacientes usassem - seu próprio fio dental, feito de seda.
A produção em escala industrial veio em 1888, com a empresa Codman & Shurtlef e, em 1898, a Johnson & Johnson passou a ter a primeira patente.
Após a Segunda Guerra Mundial, o uso do fio dental se disseminou.
Foi mais ou menos nesta época que Charles C. Bass desenvolveu o fio de nylon, mais resistente e elástico.
Hoje, há no mercado uma grande variedade de tipos, marcas e sabores.
No Brasil, o consumo de fio dental já passa de um bilhão de metros por ano.
E, depois de ler isso não pude deixar de pensar:
Fiquei feliz por mais essa boa idéia, Parabéns ao pessoal do Rio de Janeiro pela grande idéia e que bom saber que Americano sabe usar a cabeça para mais coisas além de 'dominar o mundo'... Parabéns pela criação do fio dental, essa super idéia!
* Uma dica, fio dental não é algo 'baratinho', mas existem lojas especializadas em artigos para Dentistas e Protéticos que são chamadas Dentais.
Na DENTAL , você pode comprar embalagens profissionais de fio dental por um preço bem mais em conta, e não precisa ser profissional do ramo.
Eu compro embalagem de 500 metros.
=P

2 comentários:

  1. olha que máximo!!!

    gostei de saber!

    =)

    ResponderExcluir
  2. ta prometo tentar gostar mais do fio dental rs rs....
    500 metros? demoraria a eternidade pra eu acabar com ele rs

    ResponderExcluir

Olá! Não seja timído , deixa um recadinho ;)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails